sexta-feira, janeiro 27, 2006

O pânico... a tragédia... o horror!...

O pânico chegou a uma terra do sul de Portugal...
Tudo aconteceu quando zuzuzizinhanha e BuésBalofa entraram num bar local com o firme propósito de destruir os tímpanos dos presentes. Assim que chegaram apoderaram-se do microfone do karaoke e desataram a cantar canções tailandesas em que diziam, entre outros versos: " Langshri Nhov Monquehunst... lala lala laralala... Mnhust vohuns... pa para papa...." (peço desculpa pela falta de rigor da transcrição em tailandês). A população da terra do sul de Portugal, aproximadamente seis pessoas, que se encontrava toda no bar, entrou em justificado pânico (na foto), ainda para mais porque, segundo relato do senhor Afedo (cujo verdadeiro nome é António Alfredo mas que quer permanecer anónimo), as duas trouxeram uma tenda de campismo que montaram no hall de entrada do bar.
A população viu acabar o seu tormento quando a RTP1 decidiu passar o filme de Steven Segal "Duro de Matar ou de Morrer ou de Desaparecer ou qualquer coisa assim". zuzuzizinha abandonou prontamente o local roubando um ecrã de plasma que estava pendurado na parede, levando-o consigo enquanto gritava: "Ste Ste Ste Ste Ste Ste..."
BuésBalofa, vendo-se abandonada, sentou-se no chão contando pela centésima décima oitava vez naquele dia a sua colecção de fotos de gajos bons.

1 comentário:

tonsdeazul disse...

ahahahaahaha...ehehehehe...hihihihihihih...ahahahaha...